domingo, 5 de Outubro de 2008

O Jardim Botânico há 40 anos

A ler junto do Lago de Baixo.
Os caminhos estão bem tratados pois não vemos buracos. Os relvados e a sebe de buxo cuidados pelas mãos sábias dos jardineiros. E à direita da imagem, na sombra das copas das árvores, o grande Lago de Baixo, destino final das várias cascatas que serpenteiam pelo Arboreto do Jardim Botânico.

Hoje, este local apresenta-se parcialmente em ruínas. Os caminhos estão esburacados por falta de manutenção. Os relvados e a sebe já raramente vêm os seus amigos jardineiros. E o lago está seco. Apenas as árvores redimem este triste cenário com a sua beleza independente.
A recuperação deste lago, e das cascatas de água que o alimentavam, ainda não está agendada. Quantos mais anos teremos de esperar para ver o sol, as árvores e a lua reflectidas de novo no Lago de Baixo? Quando voltaremos a ouvir os tranquilizantes sons da água no Jardim Botânico?

Imagem de 1968 do fotógrafo Artur Bastos.

Fonte: Arquivo Fotográfico Municipal

Sem comentários: